Tag Archives: idade

Quando o corpo não aguenta

27 set

Enquanto somos bem jovens, podemos ir para quantas festas quisermos e estamos “zerados” no dia seguinte. Não existe dores no corpo ou ressaca.

Quando atingimos a maioridade da maturidade, a coisa muda de figura. Pensamos duas vezes antes de cairmos na esbórnia. Os compromissos do dia seguinte precisam ser bem avaliados. Afinal de contas, a energia não é mais a mesma.

Inchaço nos pés e pernas, dores na coluna e nos calcanhares e aquela dor de cabeça nos fazem lembrar do melhor da festa e do quanto abusamos da bebida e da dança. A falta de uma boa noite de sono compromete todo o nosso “day after”.

Mesmo com o passar dos anos não deixo de aproveitar as muitas festas que costumo ir. Bebo água, tiro um sono, faço um escalda pés e sigo em frente.

Bjs

Nanda

Corpo quebrado

24 jul

Me considero quase uma esportista. Corro, pego peso, faço yoga e não consigo ficar parada. Adoro me mexer e dançar, também. Mas, reconheço que ter vinte anos de idade faz muita falta.

Depois de passar nove horas em pé, durante um show, me remexendo ao som das músicas bem no meio da multidão, não poderia mesmo estar inteira.

O problema é que não restou pedra sobre pedra do meu corpo. Estou toda moída e cheia de calos nos pés. Sinto dores desde o dedo mindinho do pé até o último fio de cabelo.

A vontade que tenho é de não levantar da cama, deixar o tempo passar sem ter nenhum compromisso. Enfim… Curtir um dia de ócio é a minha meta!

Bjs

Nanda

O tempo está voando

28 fev

Como assim? O ano mal começou e o segundo mês já acabou? Tenho a impressão que o tempo está passando mais rápido que o normal.

Quando somos crianças sentimos muita ansiedade em completar quinze anos para que a liberdade seja ampliada. Nessa época, o tempo demora a passar.

Quando somos adolescentes queremos que o aniversário de dezoito anos chegue logo para que possamos ser donos dos nossos narizes.

Quando alcançamos a maioridade queremos completar vinte e cinco anos para que estejamos formados e donos do próprio dinheiro.

Aos vinte e cinco desejamos a estabilidade econômica e a família formada, coisas que, geralmente, alcançamos aos trinta.

Mas, depois disso, queremos que o tempo não passe. Desejamos a juventude para a eternidade. Fazemos de tudo para manter o viço da pele e a forma do corpo. Mas, é justamente aí que o tempo começa a voar.

Como já passei dos trinta, o tempo, para mim, já está voando. Mas, vou me preparar para agarrá-lo a unha pois não vou deixá-lo passar por mim sem que eu viva tudo e mais um pouco!

Bjs

Nanda

FAIXA ETÁRIA 40/50 OU MAIS

1 dez

Vi esse texto na internet e concordei com todas as colocações.

“Não tenho estatísticas em mãos e nem sei se existe alguma coisa a respeito das mulheres dos 40 aos 50 ou mais, sobre seu estado civil.

Mas, se eu for pensar em minhas amigas que estão por aí, posso afirmar que a grande maioria está separada, e com filhos.

E achando que nunca mais vão conseguir outro homem.

E se acham horrorosas.

Como eu sou de uma faixa um pouquinho acima, vou meter meu bedelho.

Eu dizia que elas se acham acabadas.

Por que elas não se consideram

achadas?

As mulheres de 40/50 ou mais têm várias vantagens.

A primeira é que já tiveram os filhos que tinham de ter e a gente não precisa se preocupar com a possibilidade de elas quererem mais um, justamente com a gente, que não está mais a fim de trocar fralda, ir à reunião de pais e filhos e vigiar a maconha na adolescência.

Esta parte elas já resolveram.

Outra vantagem é que elas sabem que Cinema Novo não é aquele cineminha que inauguraram outro dia no shopping.

Cantam as músicas dos Beatles com a gente e também não sabem muito bem quem são Oasis.

Lembram até da Copa de 1970, no México, e algumas delas chegaram a ver o Pelé jogar.

Sabem até a medida da Marta Rocha.

Sexualmente sabem tudo.

E como!

Tiveram mais homens que possa imaginar nossa filosofia.

Aquele negócio de ter orgasmo assim ou assado (assado é péssimo) elas já resolveram há mais de uma década.

E já viveram o suficiente para se dar ao luxo de filosofar sobre a vida, sem aquelas bobagens que as meninas de 20 pensam e dizem e, às vezes, até escrevem em diário.

Neste momento, o computador acaba de me avisar que chegou uma mensagem nova.

Fui olhar e era mais uma daquelas perguntando se eu quero aumentar o tamanho de meu pênis.

Tem até a foto de um aparelho que “infla”.

Você já pensou, na hora de fazer sexo, você abrir o guarda-roupa, tirar aquela geringonça (a máquina, não a sua) e dizer:

um momentinho que você vai ver o que é bom pra tosse?

Não, as mulheres de 40/50 ou mais há muito tempo deixaram de se preocupar com o tamanho da geringonça.

Com elas é “menos” preliminar e mais ação.

A mulher de 40/50 ou mais vai direto ao assunto.

Elas já perceberam que podem comer, e não apenas dar.

As mulheres de 40/50 ou mais comem como gente grande, comem como homem.

E a gente dá, com prazer.

A mulher de 40/50 ou mais já tomou aqueles porres memoráveis de quando tinha trintinha.

Ela sabe beber.

Não acampa mais, nem fica em pousada sem internet.

A mulher de 40/50 ou mais sabe onde quer ficar.

Gosta de um confortinho…

Enfim, a mulher de 40/50 ou mais sabe tudo e não está nem aí.

Por que então você sofre, mulher?

O mundo não está perdido, está achado.

Você é o melhor papo da praça.

Você é o que há”. (Mário Prata)

Bjs

Nanda

Óculos

24 ago

Quando os quarenta anos chega, a vida da gente começa a mudar. Acaba-se a necessidade de mostrar ao mundo que somos capazes e, passamos a viver de forma mais tranquila e em paz com nós mesmos.

O primeiro sintoma quando atingimos essa maturidade é a diminuição da visão. Para quem enxergava de perto perfeitamente, como eu, a visão embaçada é um verdadeiro suplício.

A única grande vantagem é que deixamos de ser tão exigentes com nós mesmos. Por exemplo: não me preocupo mais se a sobrancelha está perfeita, se a maquiagem está correta e simétrica, se a depilação está em dia… Deixei de enxergar esses detalhes há algum tempo. E, acreditem, passei a ser mais feliz. Eram coisas que me incomodavam ao primeiro fio de cabelo fora do lugar.

Agora, marco data e pronto. Nesse dia eu ponho a lupa, enxergo e conserto tudo o que está fora do lugar. Não fico mais sofrendo se vou a uma festa e esqueci de fazer as sobrancelhas, até porque, não sei se tem ou não algo fora do lugar.

Algo tem que ser bom com a idade, não é?

Bjs

Nanda

Lesão muscular 

18 maio


É dura a vida de atleta. Ainda mais, quando a idade vai chegando, e os vinte + vinte anos começam a sobrecarregar as nossas costas.

Uma simples caminhada a mais, uma corrida de mal jeito, uma postura errada, um peso excedente podem desencadear um processo de dor e… Pronto! A lesão muscular já está instalada.

Bursite, tendinite, torcicolo e, até mesmo, lesão no tendão… Ó Deus, Ó Céus!!!! Gelo, pomada, ressonância magnética, fisioterapia e muita paciência….

Se fosse há uns anos atrás, tudo estaria resolvido em dois dias. Bastaria um repouso e, pronto, tudo voltaria ao normal. Agora, nem com muita reza, chá e repouso a coisa evolui rapidamente.

Se aos quarenta é assim, imagino o que será aos sessenta!

Bjs

Nanda 

A vida após os quarenta

29 mar

  
Já ouvi muita gente dizer que a vida começa após os quarenta mas, eu tenho algumas dúvidas. 

Antes dos quarenta, não existe nada definido. É tempo de correr, de lutar, de pensar alto. Porém, a saúde está tinindo e, dificilmente encontramos intercorrências pelo caminho.

Com o passar dos anos… as dores na coluna se acentuam, a balança não aceita descer o ponteiro com a mesma facilidade de antes, os cabelos brancos começam a surgir. O corpo já necessita de suplementação de vitaminas e a osteoporose começa a bater na porta.

As consultas médicas passam a ser imprescindíveis e inadiáveis. Qualquer sinal que apareça no corpo deve ser imediatamente retirado. A alimentação deve ser a mais saudável possível, afinal de contas, a vida longa é a nossa meta.

Se nos quarenta é assim, imagina só como deve ser nos cinquenta, nos sessenta, nos setenta, etc.

Bjs

Nanda 

Qual a idade ideal?

20 maio

  A eterna dúvida da maioria dos pais com relação à criação dos filhos é a definição da idade ideal para que as crianças ou adolescentes comecem a se abrir para o mundo. A internet é um desses grandes passos e, normalmente, iniciados bem cedo. Mas, quando falamos de redes sociais, nos preocupamos um pouco mais.

Com que idade uma criança pode ter um perfil no Instagram ou no facebook? Eis a questão. Passei por isso com a minha filha mais velha e, já sofro a pressão com a caçula, que já tem o IG mas, não se cansa de implorar pelo facebook.
Ou seja, mudam-se as preocupações… Temos que ligar os nossos radares, ampliar o número de olhos para fiscalizar todos os atos dos nossos novatos no mundo das redes sociais. Mas, o fato é que não há um consenso sobre qual a idade ideal para essa estreia.
E, nesse caso, vale o bom senso de cada pai e mãe…
Bjs
Nanda 

Ex-mascote

12 ago

imageLá se foi o tempo em que eu era a mascote do grupo, a novata, a mais bobinha. Sempre estive em turmas onde todas tinham mais idade e eu adquiria experiência com os mais velhos.

Hoje, a situação está se invertendo. Os mesmos lugares que, em outros tempos, eu era a aprendiz, agora sou a professora. rsrsrsimage

Essa não é uma fácil constatação mas, fazer o que? É a lei da vida. Agora, já sou considerada uma mulher madura, vivida, experiente. E as mais jovens já querem ouvir os ensinamentos que tenho a passar. Kkkkkk. Chega a ser engraçado! Outro dia eu era uma criança e hoje já sou experiente. Como o tempo passa depressa!!!!!!!

Mas nem tudo está perdido!!!! Se engana quem imagina que acho ruim ou fico triste!!!! De jeito nenhum. Ter experiência e maturidade conservando o vigor da juventude é para poucas. Afinal de contas, eu apenas ultrapassei a barreira dos vinte e sou uma digníssima balzaquiana.

Curto cada etapa sem saudades da que já passou…. E que sempre venha a melhor idade!!!!!

Bjs

Nanda

Coisas da idade

8 ago

imageQuando somos crianças ficamos felizes com cada conquista. Pouco nos importa o luxo e o glamour. Na adolescência, aparece um pouco mais de exigência, porém, ainda somos muito simples na nossa essência e nos nossos gostos. O que mais importa nesse momento é o gosto do grupo e de ser aceito naquela turma.image

Com a juventude nascem as maiores críticas e o gosto mais apurado. Passamos a ganhar o nosso próprio dinheiro e escolhemos a melhor forma de gastá-lo. Passamos a experimentar coisas novas e aprimorar o nosso paladar.

imageA maturidade traz a seletividade. Não nos satisfaz o chope com batata frita, nem o cachorro quente no fim da noite. Bons restaurantes, vinhos de qualidade e bons hotéis deixam de ser luxos exclusivos para datas comemorativas e passam a ser condição fundamental para que o lazer seja prazeroso. Nessa fase, escolhemos cada saída , cada refeição, cada drink de forma a tornar aquele momento único.

E, como será na fase pós maturidade? Será que ficamos ainda mais exigentes ou imagedeixamos as frescuras de lado e voltaremos a nos comportar como crianças? Será que voltaremos a aceitar convites para acampar ou tomar umas taças de sangue de boi?

Ainda bem que vai demorar muitos anos para eu descobrir….

Bjs

Nanda

%d blogueiros gostam disto: