Tag Archives: dor

Dor nas costas

12 maio

Quem acha que ter dor nas costas é coisa de velho está por fora da atualidade. Qualquer um pode ter ponto gatilho nos ombros e, a cada tensão, explodir com dores.

Eu mesma sofro desse mal. Os meus ombros parecem carregar todo o peso do mundo. E nada parece resolver o problema.

Consigo amenizar com massagens relaxantes, banhos de hidromassagem, óleos corporais e muitas taças de espumante.

Sou alérgica a medicamentos e não ouso tomar nenhum comprimido sequer para amenizar o incômodo. Sou uma verdadeira sobrevivente.

Bjs

Nanda

#nandabahia #nandabahia74 #nandabahia.com #dor #dornascostas

Voltando a malhar

28 maio

Depois de sessenta dias distante da academia, confesso que já contava os minutos para voltar a malhar.

Sim, podem me chamar de louca mas, eu realmente gosto muito de fazer musculação. A sessão de exercícios não é uma obrigação para mim.

Não nego que depois dessa pausa necessária, pós cirúrgica, a volta não é nada fácil. Depois da primeira sessão, sinto como se o caminhão tivesse passado por cima de mim.

Vou ali tentar colocar os pés para cima e relaxar um pouco.

Bjs

Nanda

Dores no corpo

19 abr

Quem nunca malhou demais e acordou sentindo como se um caminhão tivesse passado por cima do seu corpo?

Vida de malhadora é assim… Quando cometi um excesso na malhação, acordo me sentindo toda dolorida. Fica até difícil me levantar da cama. Doem as pernas, braços, bumbum e costas. Até para respirar fica difícil.

Essa semana estou assim, dolorida, preguiçosa, me sentindo como se um trem tivesse passado por cima de mim. Mas, sei que vai passar!

Bjs

Nanda

Corpo quebrado

24 jul

Me considero quase uma esportista. Corro, pego peso, faço yoga e não consigo ficar parada. Adoro me mexer e dançar, também. Mas, reconheço que ter vinte anos de idade faz muita falta.

Depois de passar nove horas em pé, durante um show, me remexendo ao som das músicas bem no meio da multidão, não poderia mesmo estar inteira.

O problema é que não restou pedra sobre pedra do meu corpo. Estou toda moída e cheia de calos nos pés. Sinto dores desde o dedo mindinho do pé até o último fio de cabelo.

A vontade que tenho é de não levantar da cama, deixar o tempo passar sem ter nenhum compromisso. Enfim… Curtir um dia de ócio é a minha meta!

Bjs

Nanda

Torcicolo

2 maio

Quem nunca dormiu de mau jeito e acordou com aquele insuportável torcicolo?

Não sei o motivo mas eu tenho uma facilidade em acordar com o pescoço travado. Isso sempre me acontece!

Essa semana mesmo acordei e nem consegui sair da cama. Tentar me levantar foi uma tortura e aguentar a dor irritante durante todo o dia não foi brincadeira. Tinha vontade de cortar o pescoço fora.

Arnica, vic, gelol, óleo Doutorzinho e até adesivos que esquentam não deram jeito no meu sofrimento. Fiquei capenga por horas e não consegui colocar o pé para fora de casa.

O jeito foi curtir a dor e o desconforto, esperar o dia passar, a noite chegar e dormir para acordar de novo. Espero que, dessa vez, eu acorde bem.

Bjs

Nanda

Dor

11 abr

Cada pessoa suporta um nível de dor de formas diferentes. Uns aguentam mais que os outros. Outros são mais sensíveis que uns.

Conheço gente que não consegue sentir uma dorzinha de cabeça e já procura um remedinho. Uma cólica e o mundo acabou. Chegam a morrer de medo de injeção.

Já outros são mais resistentes. Faço parte deste grupo e não m deixo abater por qualquer dorzinha. Já sobrevivi a cesarianas, fratura no pé, cirurgia de miopia e dores de coluna. Os remedinhos nunca são possíveis pois tenho alergia a todos eles. Curto minha dor e supero todas elas.

Mas, de vez em quando somos surpreendidos por dores que não esperamos. Dores que cortam a alma, que nos tiram do sério. Enfim…. Nada que não seja superado, que um período de molho e repouso não resolva. Nada que o tempo não me faça esquecer.

Bjs

Nanda

Dor de coluna

16 set

imageAffff!!!! Quem nunca acabou o dia morrendo de dor de coluna, entrevada parecendo uma velhinha ou o corcunda de notredame?

No meu caso, as tensões das rotinas diárias se alojam na minha pobre cervical. Fico sem conseguir mexer o pescoço, morrendo de dor, cheia de nódulos. Parece que carreguei o mundo nas costas.image

Para relaxar, nada melhor do que uma boa massagem, um banho bem quente e compressas quentes no local. Já que não sou adepta ao uso de medicamentos, me contento e fico boa com as técnicas relaxantes e alongamento.

Mas, tem dias que a coisa fica difícil e a vontade é mesmo de permanecer na cama. Então, vamos às massagens pois a cervical está de mal comigo!!!!!

Bjs

Nanda

%d blogueiros gostam disto: