A escola foi feita para ensinar

15 fev

Na minha visão o aluno vai para a escola aprender português, matemática, inglês, geografia, história, ciências, física, química, biologia, artes, música, educação física e até mesmo, religião, se escolhermos uma escola com uma religião específica. Lá, todo o conteúdo deve ser fornecido para que o aluno aprenda sobre cada matéria e possa desenvolver seu raciocínio lógico, seu senso crítico e escolher suas áreas de maior aptidão.

A educação e o caráter são de responsabilidade da família e não cabe à escola essa árdua tarefa. A forma como ele se comporta, cumprimenta as pessoas, come e suas reações são respostas à educação recebida em casa.

O que eu particularmente não aceito é a doutrinação por parte das escolas com relação a algum assunto específico. Não acho que seja responsabilidade de um professor direcionar os pensamentos políticos de um aluno ou fazer julgamentos sobre fatos ocorridos no passado.

Penso que as escolas precisam de mais cuidado na transferência do conhecimento e menos “mimimi”. Fatos são fatos, história é história seja ela triste, vergonhosa ou motivo de orgulho. As informações precisam ser claras, transparentes e, principalmente, imparciais. #prontofalei

Bjs

Nanda

Equilíbrio emocional

14 fev

Em tempos de vestibular e Enem ouvimos muitas notícias de que aquele aluno super inteligente não passou no exame. E ficamos surpreendidos!

Mas, se paramos para analisar a situação bem direitinho, podemos concluir que o equilíbrio emocional conta bastante na hora da prova. E isso vale também para a vida profissional.

Aqueles que são mais equilibrados, calmos, serenos e sabem controlar melhor as emoções tendem a se sair melhor nos testes mesmo que não sejam os mais inteligentes ou os mais estudiosos.

E os que estão mais preparados em conteúdo e não se preparam psicologicamente podem não alcançar bons resultados. Por isso, precisamos preparar melhor nossos filhos para que eles cheguem ao sucesso pelos seus méritos.

Bjs

Nanda

Detesto fofoca

13 fev

Se tem uma coisa que não me faz perder tempo é a fofoca. Já tenho muita coisa para tomar conta, muitos problemas para resolver para ficar me preocupando com a vida dos outros.

Vejo gente por aí que deixa de cuidar de suas vidas, cumprir suas atividades para tomar conta da vida alheia. Se preocupam em contabilizar as horas trabalhadas pelos outros e falam do comportamento alheio.

E quando a fofoca acontece no ambiente de trabalho? O caos está instalado. O clima fica tenso, as pessoas perdem a naturalidade e a produtividade cai vertiginosamente. Como sou hiper sincera, já aviso desde o início que, para trabalhar comigo precisa saber escutar e ficar de boca fechada. O lema é ouvir mais e falar quase nada.

Bjs

Nanda

Dia de beleza

12 fev

Quem tem filha mulher aí????? Sabe bem como é a gastança para manter a beleza da mocinha. Agora, imagine só a minha situação com duas princesas?!

Dia de salão de beleza é como uma facada no peito, um assalto à mão armada, um desfalque nas finanças, praticamente uma falência. Não há conta bancária que resista.

É claro que a beleza depende de investimento e, sendo mulher, esse investimento sempre é alto. Três cabelos para tratar e cortar, três unhas para cuidar e a lista de cuidados não tem fim…

Pois é, estou falida! Kkkkk. Só mesmo trabalhando muito para repor o caixa.

Bjs

Nanda

E quando os filhos crescem?!

11 fev

O que mais vejo por aí são mães sofrendo por seus filhos estarem crescendo e se tornando independentes. Esse momento de transição não é bem aceito pela grande maioria das genitoras.

Ouço muito dizerem que o meu filho não tem maturidade para isso ou para aquilo mas, se eles não forem induzidos a terem responsabilidade e aprenderem a gerenciar suas atividades não desenvolverão a maturidade de forma alguma.

A maioria dos “teens” continua sendo tratada como crianças pequenas e sem capacidade de gestão de suas atribuições.

Eu sou uma mãe mais moderna e encaro a realidade de frente. Delego responsabilidades, cobro atividades e não fico fazendo conferência daquilo que é obrigação diária delas. Conferir agenda, mochila, tarefa de casa feita não é comigo. Nem tomo conhecimento. Quero saber das notas e se tiver anotações de tarefas não cumpridas, posso garantir que o chão vai tremer.

Bjs

Nanda

Eu queria aquelas semanas de volta…

8 fev

Ai que saudade… Quem me dera aquelas semanas de volta!

Bjs

Nanda

Teimosia

7 fev

Se tem uma coisa que eu não consigo lidar muito bem é com a teimosia das pessoas. Especialmente quando somos mais experientes e temos a certeza de que o resultado não será legal.

É claro que sei que cada um precisa aprender com suas próprias experiências. Que não adianta querermos ensinar ao mundo tudo o que deve ser feito. Mas, se os conselhos fossem seguidos só um pouquinho, as coisas seriam bem mais fáceis.

Confesso que fico mesmo sem paciência, especialmente quando a teimosia acontece com aqueles que apenas deveriam cumprir ordens. Nesse caso, a paciência de esgota e perco a compostura. Mas, que bom que faço yoga e já consigo controlar as minhas emoções!

Bjs

Nanda

%d blogueiros gostam disto: