Independência da Bahia

2 jul

A Independência da Bahia foi um movimento iniciado bem antes da independência do Brasil e concluído quase uma ano após o fato, em 2 de julho de 1823.

A motivação da guerra foi a união da Bahia na unidade nacional brasileira. De um lado estavam as cortes portuguesas defendendo a manutenção da província como colônia, e do outro, brasileiros, liberais, conservadores, monarquistas e até republicanos se unem, no interesse comum de uma união, que só termina com a própria Independência do Brasil.

A guerra pela independência da Bahia foi antecedida pela expulsão dos portugueses de Pernambuco e pelas reações ao Dia do Fico e iniciou-se bem antes que a independência brasileira ao custo de muitas vidas e batalhas por terra e mar.

Suas principais batalhas foram a de Pirajá, liderada pelo General Pedro Labatut, contratado por D. Pedro I para lutar em favor da independência do Brasil, e o bloqueio do Porto, comandado pelo inglês Thomas Cochrane, impedindo o abastecimento de alimentos e reforços aos portugueses, forçando-os a se retirarem do Brasil.

Um pouco de história não faz mal a ninguém!

Bjs

Nanda

#nandabahia #nandabahia74 #nandabahia.com #independenciadaBahia

Imposto de renda

1 jul

Todo ano é a mesma coisa, o prazo vai chegando ao fim e o desespero toma conta de mim. Como colocar no papel todos os rendimentos, despesas, bens e investimentos com calma e serenidade.

Acho um trabalho árduo e sem lógica.

A verdade é que estamos acostumados a deixar tudo para a última hora mesmo quando essa hora é adiada por alguns meses.

Bom, esse ano já foi! Agora é relaxar antes de começar a pensar no próximo.

Bjs

Nanda

#nandabahia #nandabahia74 #nandabahia.com #impostoderenda

Avaliação do Primeiro Semestre das Metas para 2020

30 jun

Quem já me conhece sabe que costumo me avaliar trimestralmente sobre todo o planejamento feito no início do ano.

“Como é de costume, gosto de me planejar e estabelecer metas para cumprir durante o ano. Vivo e respiro vencer desafios e atingir meus objetivos.

Não consigo deixar a vida me levar. Sou dessas que olha para o futuro e sabe bem o que espera dele. E corro atrás para fazer as coisas acontecerem.

Algumas metas são imprescindíveis na vida da gente como, por exemplo: a saúde, o trabalho, o lazer, a família e o equilíbrio pessoal.

Então vamos lá!”

Saúde

“Desejo viver saudável e envelhecer bem. Isso significa estar de bem com o meu corpo, com o peso ideal (o mesmo desde que casei há 20 anos), sem dores, com disposição para a vida. A boa alimentação é uma necessidade. Deixar as “porcarias” de lado e me dedicar mais aos exercícios serão meu grande foco nesse ano. Chegar aos cinquenta (ainda está bem longe!) com carinha de trinta é tudo de bom! Que morram de inveja as inimigas!!!!!!”

Tudo ia muito bem até essa pandemia começar. Peso ok, saúde ok, foco ok, exercícios ok. Até comecei a lutar boxe 🥊 para estimular o corpo. Quarentena geral, paradeira geral. Nada ficou no lugar, sem exercícios, sem boxe, sem perspectivas, com medo!

Apenas a saúde continua intacta e isso já é uma grande vitória!

Meta: 50% cumprida.

Trabalho

“Já fiz muitas coisas na minha vida profissional e, nesse ano tenho mais um desafio a vencer. Transformar o meu novo desafio profissional em um sucesso. E vou conseguir. Não será fácil, tenho muito a trabalhar e a aprender mas, com dedicação e paciência sei que vou chegar lá!”

Quando eu pensei que o ano ia começar de verdade ele não começou. Muito pelo contrário, tudo parou, tudo fechou, todos ficaram em casa.

Impossível planejar o futuro. O lema é sobreviver um dia de cada vez. Não sabemos como a nossa economia se comportará.

Mas, continuo acreditando que tudo dará certo!

Meta: 50% cumprida.

Lazer

“Todo mundo precisa de um momento de ócio, para colocar os pés para cima, ler um livro, assistir um filme, papear com amigos, beber um vinho (ou champagne!), ir às compras… Melhor ainda se puder fazer viagens, sair da rotina, ficar em bons hotéis, conhecer o mundo. Quero me permitir mais ócio, mais tempo com amigos, mais leituras e filmes, mais vida!”

Parece até piada mas, nada todo ócio é possível nesse momento. Amigos só virtualmente, viagens só pela internet, sair da rotina, bem isso é verdade, do quarto para sala e só. Estou me dedicando a um livro por dia e muitos filmes. O trabalho de home office tem consumido boa parte do meu tempo. Mas, ainda tenho esperança e acredito que tudo vai passar.

Meta: 50% cumprida.

Família

“A harmonia familiar traz a paz necessária para que possamos estar conectados com os nossos objetivos. Procuro me afastar de brigas e confusões. Aprendi a tomar conta da minha vida e respeitar a forma de ser dos outros. Vi que não vale a pena tentarmos mudar a maneira de ser das pessoas para que elas atendam às nossas expectativas. Filhos, marido, pai, mãe, familiares e amigos devem conviver em harmonia respeitando as diferenças entre eles. Defeitos todos temos mas, as qualidades de cada um é o que realmente importa. Paz é o meu desejo!”

Taí uma meta que podemos considerar cumprida pelo ano inteiro. Essa quarentena uniu a família e nos fez aprender muito sobre sobrevivência. Gostei de ver as meninas assumindo responsabilidades, pude conhecer mais detalhes sobre a minha própria casa. Pudemos passar mais tempo juntos e nos conhecermos melhor. Treinamos a paciência e resignação por não podermos fazer aquilo a que estávamos acostumados. Só não tive coragem de me aventurar nos mistérios da cozinha. Talvez em uma outra vida!

Meta: 100% cumprida.

Equilíbrio pessoal

“Sempre fui uma pessoa decidida e procuro seguir a minha vida tomando as decisões que mais se adequem à minha forma de ser. Deixo a ansiedade de lado, aprendi que tudo só acontece na hora certa. Não adianta colocarmos o carro na frente dos bois pois, o resultado não será diferente. O equilíbrio da vida está em saber dosar o tempo de trabalho e os momentos de lazer e descanso para que o corpo e a mente estejam saudáveis. Esse é o meu lema!”

Nesse momento de tantas incertezas só mesmo tendo muito equilíbrio para lidar com o inesperado, com o desconhecido. Tenho aproveitado a leitura para conseguir a calma que preciso para seguir em frente. A falta dos amigos e das viagens me tira do prumo mas, a respiração e poder olhar diariamente o mar me trazem de volta a serenidade que necessito.

Meta: 70% cumprida.

Bjs

Nanda

Saudade dos anos 80/90

29 jun

Quem viveu nos anos 80/90 vai entender bem a diferença do período em que vivemos hoje. O meu resumo de tudo é que o mundo “encaretou” e está cheio de mimimi.

Quando poderemos ver uma abertura como foi a da novela Tieta ou do Fantástico nos dias de hoje? Nunquinha!!!!

E os programas dos Trapalhões com suas piadas homofóbicas e racistas?

Ou o seriado Armação Ilimitada querendo bagunçar o modelo ideal de família?

Ou os costumeiros “topless” das famosas modelos na praia? Sem falar nos curtíssimos biquínis fio dental e asa delta.

Aquele foi o momento mais transparente do que podemos chamar de liberdade de expressão. Ninguém tinha medo de falar exatamente o que pensava. Isso nos dias de hoje é um grande engodo.

Onde foi que nos perdemos? Quando deixamos de encarar a vida de forma simples e complicamos tudo? De onde buscamos tanto pudor e hipocrisia? Fica a pergunta…

Bjs

Nanda

#nandabahia #nandabahia74 #nandabahia.com #anos80 #anos90 #hipocrisia

Devemos saber um pouco de tudo

26 jun

Temos que estar preparadas para “quase” tudo na vida. Não dá para usarmos a desculpa de que não sabemos para deixar de fazer…

Quando eu era pequena minha mãe dizia que eu poderia não fazer mas, que tinha a obrigação de aprender para saber mandar. Eu não entendia muito bem mas, hoje eu compreendo perfeitamente.

Quando não sabemos como se faz temos poucos argumentos para dar ordens com segurança. Ficamos nas mãos das pessoas que estão desenvolvendo o serviço e obrigadas a aceitar qualquer tipo de resultado.

Então, recomendo que o melhor mesmo é aprender para entender as dificuldades do modo de fazer.

Aprendi a lavar, passar, limpar e cozinhar. Este último eu desaprendi totalmente pois não levo o menor jeito. Então, na hora H eu mesma faço e não fico dependendo de ninguém. E, principalmente, determino como quero que o serviço seja feito já que eu mesma sei como colocar a mão na massa.

E vocês!

Bjs

Nanda

#nandabahia #nandabahia74 #nandabahia.com #trabalhodecasa

Cultura não faz mal

25 jun

Eu confesso que é bem difícil estabelecer qualquer tipo de conversa com alguém que não possui o mínimo de conhecimento sobre o mundo. Não é necessário a pessoa ter viajado mas, o conhecimento da história indica que ela procurou estudar e descobrir o que aconteceu com a humanidade.

Pessoas fúteis e que só se importam com os acontecimentos recentes são vazias e desprovidas de assuntos. Não olham além dos seus umbigos e se resumem a dez minutos de conversa. E só!

Lembro a todo instante para que minhas filhas se atualizem e conheçam um pouco de tudo. É preciso conhecer todos os estilos musicais, principalmente o clássico para não ficarem resumidas ao sertanejo e funk. É preciso ter atenção às aulas de história para não ficarem estagnadas com a política atual. É preciso conhecerem os estilos literários, arquitetônicos e artístico para saberem identificar um artista de verdade.

Enfim, é preciso estudar para poderem falar de assuntos diversos sem meterem os pés pelas mãos e pagarem “micos” com pessoas mais cultas.

Bjs

Nanda

#nandabahia #nandabahia74 #nandabahia.com #cultura

São João

24 jun

O ano de 2020 começou com muita expectativa mas, se tornou um tanto quanto estranho. E não seria diferente no nosso São João.

O feriado foi antecipado mas, a essência não se perdeu. A vontade de ficar aquecida ao lado de uma fogueira, tomar umas tacinhas de licor, dançar um forrozinho gostoso e comer um bolo de carimã permanecem dentro de mim.

Quem é nordestino sabe bem a importância da comemoração do São João. Este ano está tudo diferente. Vamos guardar a nossa vontade para o próximo ano.

Desejo a todos um Feliz São João!

Bjs

Nanda

#nandabahia #nandabahia74 #nandabahia.com #saojoao

Saudade dos amigos

23 jun

Gosto dos meus amigos, quero agregar, unir, promover encontros e, confesso que nesse momento de pandemia tenho sentido falta das aglomerações.

Já se vão três meses de quarentena, de distanciamento social, estando em casa. Nada de encontros, de amigos em casa, de festas, de shows, de restaurantes, cinemas e teatros.

Conto os dias para os mil encontros que quero ter, para trazer todos os amigos para a minha casa, para fazer festa para comemorar a vida e poder estar junto das pessoas queridas com muito champagne, é claro.

Já estamos na hora de caminhar para a nossa vida normal de volta. O que acham?

Bjs

Nanda

#nandabahia #nandabahia74 #nandabahia.com #amigos #quarentena

Credibilidade

22 jun

Tudo na vida é uma questão de credibilidade. Não podemos conquistar espaço no meio empresarial se não conseguirmos transmitir a mensagem de que somos pessoas sérias, empresas idôneas é que fazemos negócio com qualidade.

Essa credibilidade perante o público é conquistada ao longo dos anos e em resposta ao trabalho que desenvolvemos. Os nossos concorrentes somos nós mesmos. Temos a responsabilidade sobre a execução de um bom serviço e, em consequência, da propaganda boca a boca.

Não podemos nos esquecer de cultivar esse nosso bom desempenho pois, uma pequena falha pode nos levar de volta ao ponto de partida. E, com certeza, recomeçar requer muito mais trabalho para a conquista da credibilidade do público.

Bjs

Nanda

#nandabahia #nandabahia74 #nandabahia.com #credibilidade

365 dias

19 jun

Sempre que surge um novo filme mais apimentado ocorre serem zum zum zum. Todos começam a falar e inicia-se uma disputa se o filme é bom ou é conversa fiada.

Como não sou dessas de só ficar escutando resolvi assistir e me encantei. Me encantei tanto que já assisti duas vezes. E, claro, resolvi ler a trilogia de livros para não ter que esperar o fim da história com os próximos filmes que ainda nem foram gravados.

O Máximo, personagem principal da história é um verdadeiro Deus Grego, capaz de encantar qualquer mulher. Tudo bem que ele não tem os métodos mais ortodoxos para fazer a coisa acontecer mas, para um chefão da máfia, ele até é bem bonzinho.

Muita gente está falando em Síndrome de Estocolmo mas, em filmes tudo é válido. A mulher é solteira, namorava um “bundão” de resolveu encarar o objetivo de frente.

Não posso dizer que o filme é um primor de obra de arte mas, cumpre seu papel quando mostra uma história um tanto quanto inusitada e instigante. Dúvida que tenha alguém que não torça pelo casal.

Mas, como spoiller, vou confessar que odiei o terceiro livro. Nada a ver com a história linda e envolvente do filme e do primeiro livro.

Bjs

Nanda

#nandabahia #nandabahia74 #nandabahia.com #365dias

%d blogueiros gostam disto: