Tag Archives: saudade

Abraço de urso

9 jul

Sabe quando a gente está morrendo de saudade de alguém e encontra, e não resiste, e corre para o encontro, e dá aquele abraço de urso?!

Pois é… Essa fui eu ontem, depois de 21 dias sem ver a minha filha. Estava roxa de saudades. Quase não tinha falado com ela durante esses dias, mal tinha ouvido a voz umas duas ou três vezes, e mesmo assim, distorcida pela rouquidão da garganta e do cansaço.

Abracei, agarrei, apertei, cheirei, mordi, belisquei… kkkk. Tudo o que uma mãe super, hiper, mega, baster, coruja faz. E quem quiser que diga que foi “mico”! Por mim, pode ter sido o maior “King Kong”, nem me importo!

O que importa mesmo é o gosto do abraço de urso em quem se gosta!

Bjs

Nanda

Matando a saudade

8 jul

Depois de 21 dias longe da filhota é hora de recebê-la de volta. Roxa de saudades, curiosa para saber de todas as novidades.

O primeiro trabalho a gente não esquece então, quero saber como foi a experiência do primeiro trabalho.

Tudo preparado para receber minha princesa: casa abastecida de guloseimas, comida caseira e saborosa esperando por ela e o quarto impecável para todo o repouso necessário.

A vontade que tenho é carregá-la no colo, dar aquele abraço apertado e enchê-la de beijos. Será que ela deixa?

Bjs

Nanda

Saudade

17 out

Saudade é uma das palavras mais lindas que já escutei. O seu significado traduz a falta que alguém nos faz.

Quando sentimos saudade significa que estamos distante daquela pessoa, que sentimos falta da presença dela e da companhia que ela nos faz.

Podemos também sentir falta de um momento, de uma situação, de gestos de carinho, de lugares e até de coisas. A saudade é um sentimento puro e sincero, que chega de mansinho ou se instala de repente. Tanto faz…

Saudade é o tipo do sentimento que nos faz lembrar que não somos donos do nosso tempo e, muito menos, das nossas vontades. Nem sempre podemos ter aquilo que mais desejamos.

Bjs

Nanda

Matando a saudade 

4 jul

Quando sentimos saudade de alguém ficamos com vontade de ver essa pessoa, de abraçá-la e de enchê-la de carinho. Imagina, então, se essa pessoa é a nossa filha!

Vinte dias longe e a saudade não cabe no peito. A vontade que tenho é de apertá-la, cheirá-la e conferir se não falta nenhum pedaço.

Quero saber de todas as novidades, experiências vividas, micos sofridos e desafios vencidos. Quero saber de tudoooooo.

Quero ter certeza que ela soube se virar, resolver seus problemas, ser dona do próprio nariz. 

Enfim, quero lamber a cria, curtir a filhota, fazer suas vontades e enchê-la de mimo!

Com licença…

Bjs

Nanda

Meus treze anos

26 abr

  
Lembro como se fosse hoje de quando eu tinha treze anos.

Lembro da minha escola, da sala de aula, dos meus colegas, de como eu era magricela. Lembro dos bilhetinhos apaixonados dos paqueras, das dúvidas e dilemas vividos pela idades, das paixões platônicas nunca vividas.

Lembro da dúvida de minha mãe sem saber como lidar com as neuras de uma adolescente. Lembro de querer sempre muito mais do que era permitido para a minha idade. Lembro de sonhar com meus quinze anos e depois com os dezoito, também.

Hoje, vejo minha filha completando treze anos e imagino o mundo e as questões que ela vive. Tento, sempre me colocar em seu lugar, lembrando do lugar que já estive um dia. Lembro a ela que sou sua amiga e companheira e que estou pronta para qualquer “parada” a qualquer hora do dia ou da noite. 

Desejo a ela que seus treze anos sejam vividos intensamente, com maturidade e responsabilidade mas, também, com as dúvidas e erros próprios da idade. Pois, é errando que se ganha experiência e se transforma em um adulto melhor.
Desejo a ela que nunca lhe falte a vontade de viver cada idade a seu dia!

Feliz treze anos, Bia!

Bjs

Nanda 

Matando a saudade

20 jan

  
Depois de quinze dias longe da cria é hora de matar a saudade. Nunca pensei que fosse sentir tanta falta. Falta dos beijos, dos abraços, dos dengos, das conversas. Falta das brigas, dos desgastes, de mandar comer, acordar, dormir, tomar banho…

Hora de matar a saudade, de ficar abraçadinha, de dormir juntinha, de colocar a conversa em dia, de fazer cafuné, de dar risada juntas, de fazer brigadeiro de panela, de apostar corrida de bicicleta.

Passar um tempo longe é bom para vermos o quanto gostamos e sentimos falta uma da outra. Esta saudade boa!!!!!

Bjs

Nanda 

De Volta Pro Aconchego

27 out

(Elba Ramalho)
image
Estou de volta pro meu aconchego
Trazendo na mala bastante saudade
Querendo
Um sorriso sincero, um abraço,
Para aliviar meu cansaço
E toda essa minha vontade
Que bom,
Poder tá contigo de novo,
Roçando o teu corpo e beijando você,
Prá mim tu és a estrela mais linda
Seus olhos me prendem, fascinam,
A paz que eu gosto de ter.
É duro, ficar sem você
Vez em quando
Parece que falta um pedaço de mim
Me alegro na hora de regressar
Parece que eu vou mergulhar
Na felicidade sem fim.

Bjs

Nanda

%d blogueiros gostam disto: