Tag Archives: medo

Dia de dentista

5 mar

Socorrooooo!!!!

Hoje é dia de dentista e, como alguns de vocês já sabem, morro de medo daquele motorzinho.

Fico aflita, a gastrite ataca, tenho até vontade de roer as unhas. Mas, fazer o que, né? Temos que encarar a realidade.

Por mais que oitenta por cento das vezes, as consultas de resumem apenas a uma simples limpeza, a expectativa sempre é muito angustiante. Vai que o motor precise ser usado?

Ó meu Deus! Ó céus!!!!!

Rezem por mim!

Bjs

Nanda

Insegurança

23 nov

Até mesmo a mais confiante das pessoas passa por seus dias de dúvidas, angústias e insegurança. Mesmo aquelas que cresceram em um ambiente tranquilo e foram ensinadas para lidar com as emoções de uma forma bem distante e determinada podem mudar ao longo da vida.

Muita determinação, muito planejamento e controle são características marcantes de pessoas seguras e que sabem o que querem da vida. Elas priorizam os seus objetivos e seguem o caminho da razão até conseguir o que desejam. Dificilmente se deixam abater por sentimentos, sejam eles de que tipos forem. Um rompimento de amizade, um amor fora dos padrões definidos por ela mesma ou paixões enlouquecedoras não fazem parte dos seus cardápios.

Mas, tudo pode mudar… e bem de repente! A insegurança pode bater e o mundo das razões pode desabar ao simples sinal de um grande sentimento. Muitas pessoas podem ser surpreendidas por um grande amor, por exemplo, e perderem o norte dos seus caminhos. Tudo aquilo que estava perfeitamente desenhado pode perder o sentido, a vida pode ser virada de cabeça para baixo por um grande terremoto e, quem sabe, não sobrar pedra sobre pedra daquele antigo projeto.

Tudo vai depender da coragem e da vontade de vencer os medos sobre o desconhecido.

Bjs

Nanda

Crianças medrosas

17 nov

Sei que personalidade pode ser dos mais diferentes tipos. As pessoas podem ser extrovertidas ou tímidas, expansivas ou retraídas, corajosas ou medrosas e assim por diante. Com as crianças é a mesma coisas, não existe uma criança igual a outra.

Porem, tenho observado que o número de crianças medrosas tem aumentado muito por aí. Vejo algumas que têm medo até da sombra e preferem ficar nos cantos a enfrentar os problemas. O que será desses pequenos no futuro?

Alguns não querem ficar sozinhos, outros têm medo do escuro, mais uns não largam os pais, medo de não serem aceitos, medo dos desafios, medo de barulho, e haja uma variedade de medos. Será que os adultos não são os responsáveis por tantos medos assim?

Acho que falta incentivo dos pais em estimular a independência dos filhos e, consequentemente, o enfrentamento dos medos. Será que eles acham que os filhos não crescem?

Bjs

Nanda 

Viagem de avião 

28 abr

  
Adoro viajar mas, confesso que fico meio tensa quando entro em um avião. Já voei trilhões de vezes, inclusive sozinha e, ao menor sinal de turbulência já começo a rezar.

Já peguei alguns vôos que, realmente, pensei que a aeronave não ia aguentar. Tudo balançava e de repente caíamos no vácuo. Só viajo com o cinto de segurança bem apertado para evitar surpresas.

Outra coisa que tenho observado é a vestimenta das pessoas que entram no avião. Muitas parecem que estão de pijama, prontas para irem para a cama, com seus moletons e almofadas de mão. Outras se vestem como vão à praia, com shorts, camisetas e chinelos de dedo. Penso que esse desleixo é uma falta de respeito ao passageiro do lado. Eu mesma, ia detestar viajar com alguém com o sovaco de fora, ao meu lado!

Enfim, ainda penso que viajar de avião ainda tem algum glamour e prefiro ficar arrumadinha para entrar na aeronave. 

Bjs

Nanda 

Quem tem medo de cobra?

27 jan

2015/01/img_3781.jpgTem gente que morre de medo de cobra ou de qualquer réptil. São capazes de um ataque histérico ou mesmo de loucura quando encontram um pela frente.

Eu até que me acho corajosa e não tenho tanto medo assim. Não possuo nenhum réptil de estimação mas, não saio correndo quando encontro um. O meu último encontro foi até inusitado…

Estava sentada no sofá da sala quando vi algo se mexendo na entrada da porta. Me levantei e cheguei bem perto. Levei um susto e a danada também. Era uma cobra de quase dois metros. Ela deu meia volta, mergulhou na piscina, saiu nadando e saiu pela outra borda, se escondendo em um arbusto. Fui atrás! Pedi ajuda para espantá-la e tirá-la de perto do meu jardim e me surpreendi com a minha coragem!

Depois disso eu pergunto: “Quem tem medo de cobra?”

Bjs

Nanda

Brincar de morrer

13 maio

imageMedo! Essa é a sensação que sinto ao andar pelas ruas da nossa cidade, ou melhor, do nosso país. A vida da gente se tornou tão banal que morremos por nada. Os assassinos estão à solta e matam por nada.

Assistir ao Jornal da TV é como ver um filme de bang bang: morte para todos os lados. Pessoas inocentes morrem porque saíram para comprar pão, porque voltam da faculdade, porque não querem dividir a herança. Pessoas morrem por causa da irresponsabilidade de outras…image

Fico pensando com meus botões qual será o motivo de tamanha violência e não acho outro senão o descaso do governo com a educação das nossas crianças. O que será de nosso país sem o investimento necessário para o ensino básico ao povo que, sequer sabe falar a nossa língua?

Enquanto isso, vivemos enjaulados, blindados, acorrentados e presos a um medo constante de que, a qualquer momento, poderemos ser as próximas vítimas deste sistema falido e, completamente sem futuro…

Bjs

Nanda

Sitiada

18 abr

imageQue triste realidade…. Polícia em greve e os bandidos à solta… Nós, cidadãos de bem, estamos presos em nossas casas, com medo até das nossas sombras.

Agências bancárias fechadas, estabelecimentos comerciais saqueados, carros roubados, pessoas agredidas…. Estamos vivendo uma situação de guerra. Não podemos colocar os pés fora de casa e, em pleno feriado não sabemos o que fazer para entreter as crianças.

Situações de terror e inacreditáveis são vistas a todo momento. Até prédios estão sendo invadidos. Onde vamos parar? Onde estão os nossos governantes? Nessas horas sinto vergonha de ser brasileira.

Bjs

Nanda

Arrancando dente

17 mar

imageAinda lembro quando arranquei o primeiro dente. Foi na casa de minha avó e a cruel executora foi a minha tia. Eu tremia feito vara verde. Era muito frouxa.

Minha tia me encheu de coragem e medo de engolir o dente mole que resolvi arrancá-lo.

Chorei, sofri, quase morri….

Minha tia conseguiu a proeza e, quando vi o sangue, quase desmaiei. A minha pressão baixou, o corpo esfriou, a vista escureceu….. Quanta frescura, viu! Me deram um café com leite para reanimar e acordei.

Hoje, vejo o sofrimento de minha caçula para arrancar um dente e entendo cada etapa. Já fotografei e filmei para que ela possa ver como foi seu sofrimento.

Ô judiação!!!!!!

Bjs

Nanda

Vencendo os medos

6 fev

imageTodo mundo tem algum tipo de medo mas, poucos sabem conviver com eles e enfrentá-los.

Nesses últimos dias pude observar, completamente encantada, como a minha caçulinha tem a grande capacidade de vencer desafios.

Era a menor de todas, mas tinha a coragem de um gigante. Enfrentava as montanhas russas, as casas mal assombradas, os simuladores mais assustadores e todos os brinquedos na escuridão sem titubear.

Eu sabia que ela sentia medo por dentro mas, enfrentava com coragem!

Tomara que ela siga enfrentando seus medos na vida do mesmo jeito.

Bjs

Nanda

Medo

16 out

imageCada vez mais vivemos um mundo de medo. A violência impera nas ruas e o sentimento de insegurança nos domina até mesmo dentro das nossas casas.

Atos simples como levar e buscar crianças na escola, curso de inglês, estacionar o carro em Shopping ou supermercado são, cada vez mais arriscados. Estamos cansados de ouvir histórias de assaltos, armas na cabeça e seqüestros com pessoas, que antes não eram tão próximas mas, agora são amigos, vizinhos e parentes.image

O trânsito agora só é livre para os carros blindados. Até parece que estamos em um campo de batalha! O medo de ser surpreendido com uma pedrada ou arma na cabeça é tão grande que faz as pessoas gastarem fortuna na blindagem de seus veículos.

O mundo está livre para os delinqüentes e os chefes de quadrilha aprenderam que se os menores exercem o serviço sujo não ficam presos, afinal de contas, o país não tem cadeia para todos os marginais. Estamos vivemos em um mundo em que muito em breve, as pessoas de bem viverão enjauladas enquanto os marginais vivem às soltas.

imageQue país é esse que não cuida de seus cidadãos? Que país é esse que não cuida da segurança e do bem estar das pessoas? Que mundo deixaremos para os nossos filhos?

Bjs

Nanda

%d blogueiros gostam disto: