Tag Archives: criança

Criança faz arte

4 jun

Nunca vi uma criança que não faz arte, que não cai e se esborracha, que não bagunça a casa inteira. Se vocês souberem de alguma criança normal que não faça isso, eu aposto que ela não é normal.

Já tive filha que caiu de bicicleta e se ralou toda, aliás, as duas filhas já fizeram isso. Já tive filha que fugiu de casa para ir para festa. Já tive filha que faltava aula para ficar com amigos. Já tive filha que fingia ir para a aula e natação sem ter ido. Já tive filha que jogava fora a farra do balé para não ter que ir para aula. Já tive filha que fugiu da escola para almoçar em restaurante. Já tive filha que bebeu além da conta e ficou embriagada.

Se as filhas não tivessem feito algumas bobagens, não teriam lições aprendidas e histórias a serem contadas. Não acham?

Bjs

Nanda

#nandabahia #nandabahia74 #nandabahia.com #criançafazarte

Gente que não cresce

25 set

Conheço gente que, apesar da idade cronológica e do número de aniversários, permanece com pensamentos de criança e fazem questão de viver um mundo bem infantil.

São pessoas que não sabem tomar resoluções nas suas vidas e culpam os outros sobre os caminhos que escolheram. Vivem sempre mal humoradas, carregando o rancor do mundo nas costas.

Esquecem que, muitas vezes, aqueles que estão ao redor querem apenas ajudar e dar a mão ou conselhos sobre algo que já viveram e tem mais experiência. Mas, a falta de receptividade é tão certa que espanta até os mais próximos e já acostumados com sua forma de ser.

Como viver assim? Como fazer para crescer e aceitar a vida como ela é? São questões que essas pessoas precisam descobrir para melhorarem como pessoas e viverem uma vida melhor.

Bjs

Nanda

Crianças crescendo

8 ago

Desde o nascimento, cada dia é um novo dia para as crianças. Vivem, adquirem experiência e novos aprendizados, e crescem.

Não deixam de crescer nem por um minuto sequer. Aprendem a andar, falar, correr e sobem degraus e superam dificuldades.

O problema é que o crescimento transforma e, a cada novo dia surpresas vão surgindo. Um dia a roupa está comprida e no outro, a calça já está “cotó”! Em um dia o sapato ainda está folgado e no dia seguinte, ele não entra mais no pé.

Ainda lembro quando comprei sapatos novos e lindos para o batizado da minha caçula e, no dia tão esperado, eles sequer entraram nos pés da minha princesa. Imagina o desespero!

Quando temos dois filhos do mesmo sexo, podemos aproveitar melhor e passar os objetos usados e que já não cabem mais de um filho para o outro. Fazemos um melhor uso do nosso dinheiro. Afinal de contas, os itens de vestuário infantil são muito caros.

Bjs

Nanda

Dia das crianças

12 out

Se engana quem diz que já foi criança um dia… eu ainda me considero uma grande criança. Muitas vezes, me pego lembrando da infância como se fosse ontem. Não lembro, de forma alguma, de ter visto o tempo passar, de ter sentido o crescimento e amadurecimento, de ter envelhecido um dia.

Bom é assim, quando somos capazes de manter a nossa criança por toda a vida. De sabermos equilibrar as responsabilidades da vida adulta com a doçura e inocência infantil. Sermos livres e sinceros, leves e felizes como se hoje fosse ontem e o amanhã demore a chegar.

Celebrar o dia das crianças e valorizar cada uma delas é o maior investimento no futuro, não só do nosso país, como do mundo. Acreditar na capacidade de nossos pequenos e incentivar a formação de cada um deles vai, com certeza, melhorar de muitas formas, a qualidade de vida no Brasil.

Quero desejar um feliz dia das crianças para todos os pequenos e para os grandes também.

Bjs

Nanda

Presente de aniversário 

1 nov

Quem não gosta de ganhar presente de aniversário que levante a mão.

A grande maioria das pessoas curte o dia do seu aniversário, assim como eu, e adora ganhar presentes. É muito bom ser lembrada e descobrir o que o seu amigo escolheu para você com tanto carinho.

A sensação de abrir cada presente é maravilhosa e nos transforma em crianças novamente. Ganhar coisas novas nos lembra da época da infância e traz as recordações do Papai Noel.

Gosto tanto de receber presentes que me divirto, também, abrindo os presentes das filhas, curtindo o que elas ganham e vendo os seus olhos brilharem.

No meu aniversário, não esqueça o meu presente.

Bjs

Nanda 

Menino mal educado 

28 out

A responsabilidade pela educação das crianças é sempre dos pais. Os pequenos seguem os exemplos dos adultos com relação às atitudes, gestos, forma de falar e gentileza.

Quando observo uma criança mal educada, falando alto, comendo de forma errada, chorando por bobagens, deixando de cumprimentar as pessoas ou batendo em todo mundo logo imagino o tipo de criação que aquela criança está recebendo.

Fico me perguntando o que será do futuro daquela criança. Como será o seu aprendizado? Até porque se não se aprende com amor, se aprende pela dor, então, provavelmente, a vida se encarregará de lhe ensinar as lições.

Bjs

Nanda

Arte de criança 

25 out

Toda criança faz arte, bagunça ou apronta alguma coisa de que possa se lembrar e rir no seu futuro. Senão, não teria valido a pena ter sido criança.

Crianças muito quietinhas, podemos começar a desconfiar pois ali tem algo de errado. Elas precisam desafiar os limites para se sentirem capazes e se estabelecerem como pessoas. 

Fui uma criança quietinha mas, nem por isso deixei de fazer algum tipo de arte na minha vida. A sensação de estar fazendo algo errado é indescritível e inesquecível.

Com as minhas filhas a situação é a mesma. São duas meninas bem quietinhas mas, de vez em quando elas resolvem aprontar. Uma vez, saí de casa e deixei as duas por um momento e quando voltei, elas tinham feito uma guerra de água e ovo. Ainda bem que tinham limpado tudo. “Nheca!”

Criança santa não existe. Melhor que aprontem de vez em quando para termos a certeza de que são saudáveis!

Bjs

Nanda 

Nervoso de criança 

18 jul


Tenho observado que as crianças de hoje andam, cada vez mais nervosas e impacientes. Por qualquer bobagem, eles gritam, esperneiam e se desesperam.

Estamos lidando com uma geração de crianças e adolescentes acostumados a conseguirem tudo o que desejam. O não é sempre um motivo de não desistir, de perseverar, de insistir até, muitas vezes, vencer pelo cansaço.

Já cheguei a sair do sério com minhas filhas por causa desse nervoso sem propósito e pela impaciência pelas mínimas coisas. O que será do mundo se todos querem resolver as coisas ao seu modo, sem se importarem com as prioridades.

Chá de camomila e suco de maracujá para manter a harmonia familiar!

Bjs

Nanda 

O sorriso de uma criança 

14 jun


Ver o sorriso no rosto de uma criança é algo que não tem preço. É ter a certeza de que a felicidade não se compra, simplesmente, se encontra.

Crianças felizes são aquelas que são amadas, que vivem em um ambiente harmônico e sem brigas, que tem a barriga cheia e o sono em dia, que não tem frio e nem calor. 

O sorriso de uma criança é resultado das manifestações de carinho daqueles que a amam, é recompensa por um elogio recebido ou um olhar de afeto. O sorriso é sempre grátis e não exige nada como moeda de troca. É puro e sincero, portanto, confiável.

O sorriso de uma criança é a demonstração de como devemos permanecer, mesmo com a maturidade, sem esquecer das nossas essências, dos nossos valores e das coisas simples que nos trazem felicidade.

Bjs

Nanda 

Criança buliçosa

10 nov

 
  Não sei qual a dificuldade de muitos pais conseguirem dizer não a seus filhos por aí. Vejo isso, inclusive com as crianças bem pequenininhas que ainda não conseguem diferenciar o que é certo do que é errado.

Criança buliçosa comigo não tem vez. Não admito ter que tirar todos os enfeites da casa para evitar que a criança se machuque ou quebre algo. Elas devem ser educadas desde cedo que aqueles objetos não são brinquedos e não devem ser tocados. Afinal de contas, como será quando elas forem visitar a casa de alguém? 

 

Vejo isso a todo momento e só posso concluir que a preguiça dos pais em educar, em dizer e sustentar o não é mais forte e, eles acabam permitindo tudo e transformando seus filhos em pequenos terroristas.

Não deixo, não! Eduquei minhas filhas sem tirar um cristal das mesinhas e nenhum acidente aconteceu. E, não tinha o dia inteiro disponível para elas, como muitos podem imaginar. Ou seja, é possível, sim!

Bjs

Nanda 

%d blogueiros gostam disto: