Tag Archives: romantismo

Romantismo

11 jun

Por onde será que anda o romantismo? Aquele que costumávamos ver nos filmes do passado, quando o mocinho abria a porta do carro para a mocinha, flores e chocolates eram presentes comuns em qualquer visita e as cartinhas de amor eram repletas de poesia.

A juventude de hoje é bem diferente e despojada desses cuidados. Cuidam dos seus interesses pessoais e não se preocupam com a conquista diária e com gestos simples que podem fazer muita diferença em uma relação.

Por isso quando vejo um jovem que se destaca na multidão por seus gestos e cuidado com as mulheres, o imagino como um príncipe encantado perdido nesse tempo moderno. Aliás, moderno demais para o meu gosto!

E viva o romantismo!

Bjs

Nanda

Falta de romantismo

4 ago

imageNão estou escrevendo sobre conto de fadas ou mocinhas de novelas. É claro que vivo no mundo real. Aliás, sou uma pessoa bem prática e objetiva. Mas, não nego que me surpreendo com a falta de romantismo dos dias de hoje.

Cavalheiros são homens em extinção. O envio de cartões, flores, chocolates e mimos são gestos raros e, muitas vezes considerados antiquados. O jogo funciona com cada um no seu quadrado, pensando nos seus interesses e em suas prioridades.image

Por mais pé no chão que eu seja ainda me surpreendo com a falta de casais admirando a lua ou contando as estrelas ou, simplesmente trocando juras de amor admirando qualquer paisagem.

imageAcho que dá para ficar um pouco saudosa dos tempos dos poemas e cartinhas de amor. O que será dessa nova geração?

Bjs

Nanda

Onde está o romantismo?

5 set

Muitas pessoas estão questionando onde está o romantismo? O que será que mudou para que, não só as mulheres, como também os homens dispensem o maravilhoso romantismo de tempos atrás?

Cortejar e ser cortejada, conquistar e ser conquistada, seduzir e ser seduzida…. São artes meio que esquecidas quando falamos de relacionamento duradouro de um casal. Hoje, tudo se tornou muito rápido, prático e dinâmico. Os desejos pessoais de cada um estão sempre em primeiro lugar! A paciência e a tolerância com os defeitos do companheiro são deixados de lado em prol do nosso egoísmo próprio.

Não existe mais a preocupação em satisfazer as necessidades e desejos do nosso companheiro se isso vai de encontro aos nossos desejos e satisfações. Não fazemos mais nada por ninguém a não ser por nós mesmos… Hoje, só existe o “Eu”! E, está aí o motivo de tantos descasamentos, separações e fim de relacionamentos vistos como perfeitos!

Não é fácil a vida a dois…. Já escrevi aqui a minha visão de um relacionamento ideal no post ” O conjunto” mas, não me coloco tão diferente do padrão atual existe…. Também penso em mim, nos meus desejos e minhas satisfações!

Na verdade, quando o stress e o cansaço da vida cotidiana tira o romantismo da vida de um casal, tudo começa a desandar…. Procuro me preocupar com ações simples como o simples ato de beijar sem motivo ou sem interesse sexual. Beijar quando acorda, beijar para um boa noite, beijar para sair ou quando chegar. Escrever bilhetes e cartas em dias comemorativos, lembrança de datas especiais, um simples convite para um cinema e uma lembrança inesperada de algo que se gosta…. Ouvir uma música marcante, sentar para conversar, olhar no olho, beber uma taça de vinho juntos, assistir um filme a dois, dançar de rosto colado, falar segredos no ouvido e, principalmente, entender e se colocar no lugar do outro são gestos que cultivam o amor e a paixão, proporcionando a longevidade da relação.

Mas, claro que para tudo dar certo, a química entre os dois é fundamental pois sem tesão não há solução!!!!!!

Bjs

Nanda

%d blogueiros gostam disto: