Tag Archives: Marista

Dia do aluno Marista

15 ago

Sempre me lembro da minha época de escola. Foi um período marcante em minha vida. Momento de muitos amigos, de construção de minha personalidade, do meu caráter e da maior parte de minhas lembranças.

Hoje é comemorado o dia do aluno Marista e eu tenho orgulho de ter estudado lá, naquela escola centenária, cheia de regras a seguir, com a orientação de irmãos seguidores da ordem.

Deixo aqui os meus parabéns a todos os meus colegas Maristanos, que, assim como eu, compartilham as mesmas lembranças agradáveis de uma época que não volta mais.

Bjs

Nanda

Reportagem infeliz

1 ago

Neste Domingo, o Jornal Globo publicou uma reportagem, no mínimo, de muito mau gosto. O repórter resolveu fazer uma ligação entre alguns réus da lava-jato e o Colégio Marista de Salvador. 

Totalmente infeliz e irresponsável a comparação…

O que será que ele quis dizer? Que o Colégio é uma instituição de ensino que prepara políticos, executivos e empresários para as práticas da corrupção? 

Será que ele não sabe da história de criação da comunidade Marista? 

Fundado em 1817, pelo Padre Marcelino Champagnat, na França, a congregação tinha como principal objetivo o ensino de pobres e necessitados. O Colégio, desde o século XVIII, incentiva a valorização do aluno, desenvolve a auto-estima e criatividade do aluno através da arte, a socialização dos alunos por meio do esporte e a meta de formar cidadãos éticos e solidários.

Será que ele não conhece os gênios e celebridades que estudaram nessa mesma escola e que nunca tiveram nenhuma relação com corrupção, tais como: Gilberto Gil, Nizan Guanaes, Durval e André Lelis, Mano Góes e Padre Luís Simões, dentre outros?

Acho que o jornal deveria se retratar. Ficou muito feio…

Bjs

Nanda

Encontrão Marista

31 jul

Quando estudamos muitos anos em uma escola e nos apegamos a ela e aos amigos que conquistamos , a saudade e a nostalgia vão seguir conosco por toda a vida.

Reencontrar colegas depois de anos e anos de distância é como entrarmos na máquina do tempo. A adolescência volta como num passe de mágica e toda a alegria de estar com os colegas toma conta de nós.

Poder cantar, dançar e colocar o papo em dia rejuvenesce e faz bem pra o corpo e pra alma. Os apelidos e brincadeiras surgem num piscar de olhos. O que hoje é considerado bullying, era apenas brincadeira de mau gosto e quem passou por elas, sobreviveu! Afinal de contas, ser chamada de Olívia Palito não faz tanto mal assim!!!!

O encontrão anual de ex-alunos Marista foi lindo e maravilhoso. Várias gerações reunidas para comemorar e brincar. Valeu colegas. Ano que vem tem mais!

Bjs

Nanda

Araújo Pinho 39

5 ago

Essa música é nostálgica e traz maravilhosas recordações de um tempo que passou mas, vive guardado na memória e no meu coração!!!!!! Gravá-la, junto com amigos e ouvir a maravilhosa edição me deixou nas nuvens!!!!!! QUEM ME DERA NO TEMPO VOLTAR!!!!!!!

Corto seus campos
e os seus tantos campos
vou levando comigo uma lágrima
um riso em toda direção.

E em cada passo a sensação de
abraço do carinho de amigos que eu
já não tenho mais.

Faz tanto tempo que ainda me lembro
do recreio das dez na mangueira de lá.
E hoje sozinho eu falo baixinho
quem me dera no tempo voltar.

Tantas lembranças de lutas e brigas
histórias antigas que eu não posso esquecer.
Em cada peito uma estrofe vivida,
umas lições de vida que o tempo legou
Em cada canto um sussurro do vento,
no negrume o relento cresce a solidão.

E o que eu não digo, eu levo comigo
gravado no coração.

Letra: Nizan Guanaes (Ex-aluno Marista)
Música: José Rodrigues B. Filho (Ex-aluno Marista)

Bjs

Nanda

Recordações do Marista

12 maio

Viver e não ter a vergonha de ser feliz…..

Vivemos um tempo de alegria, de amizades verdadeiras e desinteressadas. Vivemos um tempo em que nossa maior responsabilidade era o estudo. Vivemos um tempo de festas, amigos e muita diversão.

Vivemos gincanas, olimpíadas, festivais de música. Ai, o FEMIM! Vivemos histórias engraçadas, fatos hilários, viagens maravilhosas…

Vivemos e tivemos apelidos engraçados em uma época que o bullying ainda não era bullying!

Vivemos festas inesquecíveis: Olodum, Netinho, Marcionílio e Jorge Zarath…..

A grande maioria de nós viveu o primeiro beijo, a primeira paixão, correspondida ou não, vivida ou não, o primeiro amor, a primeira desilusão, a primeira vez…

Vivemos as aventuras escolares, as lavagens das salas, os sambões animados, as fugidas das aulas, os jogos de futebol, as torcidas femininas….

Vivemos as preocupações com as notas de matemática, química, física e redação. A preocupação com o vestibular, este que seria o grande passo para nos tornarmos as pessoas que somos hoje.

Vivemos e nos divertimos com as bolinhas de papel das aulas de química, com os bilhetinhos das aulas de Hemetério, com as massagens de Zé Carlos. Morríamos de medo de D. Lícia e, não sabíamos que hoje teríamos tantas saudades….

Irmão Pedro, Clairton, Joaquim, tia Fofinha tanto contribuíram para a nossa formação. Luís do som, Manoel das salas de áudio visual, Porquinho, Amado, Rita, Roque….

São tantas as recordações do que vivemos que não dá para não chorar de alegria enquanto escrevo…

Que bom eu ter sido aluna Marista! Que bom ter tido vocês como colegas, amigos e parte da minha história….

Bjs

Nanda

%d blogueiros gostam disto: