Tag Archives: folia

Ressaca do carnaval

6 mar

Eu nem me esbaldei mas não podia deixar de analisar as músicas que fizeram sucesso no carnaval.

É verdade que o axé vem perdendo a majestade e o Carnaval de Salvador virou um misto de todos os tipos de músicas.

A poesia ainda paira no ar: “Você chegou e me envolveu

E o meu corpo estremeceu

Me machucou, enfraqueceu

E o tempo que passou, quem perdeu fui eu”.

Muita bebida, muita loucura e, ao final, muita gente disse: “hoje eu vou beber

Hoje eu vou ficar loucão

Hoje eu não quero voltar

Pra minha casa, não. Hoje eu vou virar o Fábio Assunção.”

A festa é eclética e todos se divertem. Há os que “chamam atenção com o Chandon ou

resolvem com realzin de dom, dom, dom, dorom, dorom”.

E nossa cidade linda! As pessoas aproveitaram bastante. Foi um tal de “Que delícia de mar, hein

Piscininha, amor, piscininha, amor”.

As pessoas se encontrando, se conhecendo e a era digital ajuda muito!

“O nome dela é Jenifer

Eu encontrei ela no Tinder

Não é minha namorada

Mas poderia ser”.

“A gente é isso aqui

Meu povo

Sangue que corre na veia

Faz o que der na telha

De batuque e tamborim”.

E quando acaba, “Já bateu em mim saudade

Puxei a gaveta o abadá surradinho

Me trouxe saudade

Reunir os amigos

Pra rever as fotos

E aí só deu saudade”.

Agora só no ano que vem!

Bjs

Nanda

Longe da folia

4 mar

Quem me conheceu anos atrás não podia imaginar que eu poderia ficar de fora da folia carnavalesca. Sempre fui uma foliã exemplar, desde bem pequenina e não podia pensar em me ausentar da minha cidade durante os festejos.

Mas, o tempo vai passando, as prioridades vão se modificando e aqui estou eu, bem distante de todos os festejos carnavalescos.

Mudei de estratégia. Não deixei de gostar do carnaval mas, resolvi aproveitá-lo antes do período dos festejos. Vou para vários eventos durante o mês de fevereiro e, consigo me ausentar durante a semana propriamente dita. Dessa forma, consigo curtir e descansar!

Bjs

Nanda

Um carnaval diferente

8 fev

Já se foram os dias de folia. Não que eu não goste, muito pelo contrário. Sempre gostei de pular atrás do trio. Mas, os anos vão passando, a mesmice tomou conta é a vontade da foliã foi diminuindo.

Sei que vou voltar ao ritmo de folia em breve pois, não terei coragem de deixar as filhotas sozinhas. Serei eu mesma a apresentadora e acompanhante delas.

Por enquanto, vou aproveitando os dias de folga de um jeito diferente. Distante das ruas, do axé, dos trios e camarotes e pertinho da família.

Um carnaval viajando é bem diferente. Nem lembramos do clima da cidade, da animação das pessoas e do ritmo que embala o momento. Por outro lado, sou poupada da péssima qualidade musical que assola o nosso país. Tô fora de tanto ouvir falar em bunda por aí.

Feliz Carnaval para vocês!

Bjs

Nanda

Como está a folia?

28 fev

Como está a folia? 

Ai que saudade!

Bjs

Nanda

Fuga do carnaval 

24 fev

Já se foi o tempo que eu tinha energia de sobra para brincar todos os dias de carnaval. Já sai em bloco, dançando todo o circuito da avenida e finalizei a noite em Ondina vendo os trios passarem.

O tempo passa, a idade chega e a energia vai reduzindo. O fogo para ir atrás do trio tambem vai se apagando. 

Agora, o negócio é fugir da folia, fugir de confusão, fugir de multidão.

Pé na estrada e vamos relaxar!

Bjs

Nanda

Fuga do carnaval

9 fev

  
Nem eu estou acreditando que, depois de tantos anos acostumada a pular atrás do trio, eu fugi da folia.

Será que estou ficando velha? Será que o carnaval está ficando chato? O que será que aconteceu?

Na real, eu “tô de boa” e bem tranquila! Curti o meu carnaval com a família, relaxando, de pernas para o ar, salgando e adoçando o corpo e exibindo um super bronzeado.

Nada de confusão, de música alta, de fantasias ou de farras pela madrugada. As minhas festas foram diurnas, com direito a som de qualidade e bebida melhor ainda. E as companhias foram super bem selecionadas.

Bjs

Nanda 

A folia

15 fev

folia

Falar em carnaval já me deixa arrepiada. Fico logo animada e já penso em cair na folia.

A música, o ritmo fazem os meus quadris balançarem sem a cabeça mandar. O corpo entra na dança e, se eu deixar, só paro na quarta-feira de cinzas.

Mas não nego que a folia não é a mesma que conheci anos atrás. A violência está demais. Não paramos de ver brigas e roubos pela cidade. O desrespeito está instaurado….

Sem querer tomar partido, nem ser contra ou a favor, vi muitas mulheres chupando dedo pois os homens estavam mais preocupados em estar grudados com outros homens!!!!!

Realmente, tomei um susto. Já não se fazem mais carnavais como antigamente. Ai que saudade dos confetes e serpentinas……

Bjs

Nanda

%d blogueiros gostam disto: