Tag Archives: empregados

Quanto vale o meu trabalho?

21 mar

Estou acostumada a trabalhar com os mais diversos tipos de pessoas e sempre ouço algumas reclamações quanto aos salários que recebem, ou a quantidade de horas que trabalham ou por se sentirem desvalorizados. E sempre gosto de refletir sobre o assunto.

Será que essas pessoas realmente sabem quanto vale o trabalho delas? Quando eu começo a analisar vejo muitas reclamações sem sentido… Encontro gente que acha que trabalha demais e nem sempre cumpre as quarenta e quatro horas semanais, ao menos. Vejo gente querendo aumento salarial e que não procura se aperfeiçoar na função, nem se dedicar a fazer um serviço melhor. Acha que fazendo sempre o mais do mesmo está mais do que bom.

Vejo gente que acha que o patrão é um bicho papão só porque ele é exigente na qualidade do serviço e na pontualidade do mesmo. Mas, se ele está pagando por isso, ele deve receber o trabalho bem feito, não acham?

Vejo empregados achando que podem faltar ao trabalho sem nenhuma explicação, que podem ficar ao celular todo o tempo e podem fingir que cumprem as obrigações pois ninguém irá notar. E ainda reclamam que são mal remunerados!!!!

Vejo muita falta de bom senso!

Bjs

Nanda

Origem do dia do trabalho

1 maio

Dizem por aí que a origem do dia do trabalho foi assim:

“Até meados do século XIX, os trabalhadores jamais pensaram em exigir seus direitos trabalhistas para seus patrões, apenas trabalhavam.

Mas, a partir de 1886, aconteceu uma manifestação de trabalhadores nas ruas de Chicago, para reivindicar a redução da jornada de trabalho (de 13 horas para 8 horas diárias), e nesse mesmo dia teve início uma greve geral nos Estados Unidos.

Os conflitos estadunidenses ficaram conhecidos como Revolta de Haymarket.

Três anos após as manifestações nos Estados Unidos (20 de junho de 1889, precisamente), foi convocado em Paris uma manifestação anual para reivindicação das horas de trabalho e foi programada para o dia 1º de Maio, como homenagem as lutas sindicais em Chicago.

No dia 23 de abril de 1919, o Senado francês ratificou as 8 horas de trabalho e proclamou o dia 1º de maio como feriado. Após alguns anos, outros países também seguiram o exemplo da França e decretaram o dia 1º de maio como feriado nacional dedicado aos trabalhadores.

Nos Estados Unidos e Canadá, o Dia do Trabalho é conhecido como Labour Day e é celebrado na primeira segunda-feira do mês de setembro.

No Brasil, o Dia do Trabalhador só foi reconhecido a partir de 1925, através de um decreto assinado pelo então presidente Artur Bernardes.

A criação da CLT (Consolidação das Leis de Trabalho) foi instituída através do Decreto-Lei nº 5.452, em 1º de Maio de 1943, pelo então presidente Getúlio Vargas. Durante o governo Vargas realizavam-se grandes manifestações que incluíam música, desfiles e normalmente o anúncio de alguma nova lei trabalhista. Até hoje, alguns governos seguem a tradição e comunicam o aumento do salário mínimo nesta data.

O dia é comemorado com manifestações convocadas pelas principais centrais sindicais do Brasil para revindicar melhores condições de trabalho.

Na antiga União das Repúblicas Socialistas Soviéticas e em países de orientação socialista, o 1º de Maio era a festa mais celebrada do calendário civil. Realizavam-se desfiles e feiras industriais onde o trabalhador era o protagonista.”

Texto retirado do site https://www.calendarr.com/brasil/dia-do-trabalho/

Espero que tenham gostado!

Bjs

Nanda

%d blogueiros gostam disto: