Tag Archives: coração

Deus no coração

12 nov

Estamos acostumados a ver nas novelas que quando tem uma mulher beata muito fervorosa sempre há um segredo cabeludo por trás…

Acho que na vida real é igualzinho!

Desconfio daqueles que são radicais pela religião, seja ela qual for. Não importa se estamos falando do catolicismo, da umbanda ou dos evangélicos. O exagero e o radicalismo está em todo lugar.

Mas, resolvi falar de uma observação minha. Conheço pessoas fervorosas e dedicadas à sua religião porém, cheias de ódio no coração. Falam mal de amigos, dizem palavras duras e até cruéis, jogam pragas e se revoltam quando não conseguem o que querem.

Prefiro mais aqueles que possuem Deus no coração mas, não precisam estar na Igreja a todo momento, não necessitam justificar para o mundo que são religiosos.

Deus, tende piedade dessas pessoas!

Bjs

Nanda

Quando há amor não há certo ou errado

10 jun

Costumo dizer que o amor é o mais forte dos sentimentos. Quando ele existe entre duas pessoas consegue mover montanhas e superar os mais difíceis desafios.

Já vi pessoas super diferentes se amarem por toda uma vida porque o sentimento entre elas é mais forte que as diferenças.

Não há certo ou errado quando se trata das coisas do coração. Ninguém está totalmente certo ou totalmente errado. O que vale é o bom senso, o respeito ao espaço um do outro e a vontade de estar junto. Acreditar no amor ainda vale à pena!

Bjs

Nanda

Coração partido

6 jun

Os assuntos do coração nos deixam sempre melancólicos, melosos e reticentes. Jamais podemos afirmar que uma pessoa agiu da forma certa ou errada. São muitas as variáveis envolvidas e não cabe a nós, espectadores, julgar ou opinar.

Confesso que é difícil ver o sofrimento de duas pessoas que se gostam, se machucarem, se afastarem, se pirraçarem, dizerem coisas que não queriam umas às outras e seguirem sem nenhum tipo de acordo.

Quando o amor acaba, tudo se resolve por decreto. Não tem dúvidas, nem possibilidades. Mas, quando ele está ali, flutuando no meio dos dois, se mostrando todo o tempo, gritando que não vai embora, como agir?

Ainda mais quando estamos falando de jovens adolescentes, vivendo o auge da imaturidade, a necessidade de se afirmarem no mundo como pessoas fortes. Só nos resta adultos, vividos, orientar, observar, esperar e rezar para que tudo se ajeite!

Bjs

Nanda

%d blogueiros gostam disto: