A perfeitinha

14 nov

Desde pequena fui treinada para fazer o meu melhor. Nada seria aceitável que não fosse o máximo da minha capacidade. O bom deveria ser reservado para os medíocres e eu não poderia me juntar à média das pessoas.

Aprendi que organização e planejamento são extremamente importantes para a busca da excelência. Então, me esforcei para traçar planos para cada etapa da minha vida. Planejar é comigo mesmo. Desde o preparo de uma agenda diária, feito na noite anterior, o roteiro diário de uma viagem, até as metas para a construção do futuro.

Quando vamos crescendo começam as cobranças sobre os estudos, a escolha da carreira a seguir, o namorado, a formatura, o noivado, casamento, filhos e assim por diante. Tudo baseado em um planejamento pré-estabelecido e padronizado pela sociedade.

Quem me conhece sabe como gosto de tudo arrumadinho e bem planejado. Chego a ser chata com essa busca à perfeição. Mas essa mania não quer dizer que eu não saiba viver a vida, o presente e não goste de deixar as coisas acontecerem ao acaso.

Bjs

Nanda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: