Contrato de professores – 1923

7 jun

Vejam como era o contrato entre professoras e escolas no início do século.

“Este é o acordo entre a Senhorita “Ana”, professora, e o Conselho de Educação da Escola “Raio de Luz”, pelo qual a Senhorita Ana se compromete a dar aulas durante um período de oito meses, a partir de primeiro de setembro de 1923. O Conselho de Educação se compromete a pagar a senhorita Ana a quantia de $75 mensais.

A senhorita se compromete a: 

1. Não se casar. Este contrato ficará automaticamente anulado e sem efeito se a professora se casa.

2. Não andar na companhia de homens. 

3. Ficar em sua casa entre às 8h da noite e 6h da manhã, a não ser que seja para atender uma função escolar.

4. Não passar pelas sorveterias do centro da cidade.

5. Não abandonar a cidade sob nenhum pretexto, sem permissão do presidente do conselho de delegados.

6. Não fumar cigarros. Este contrato fica automaticamente anulado e sem efeito se a professora for encontrada fumando.

7. Não beber cerveja, vinho ou uísque. Este contrato fica automaticamente anulado e sem efeito se a professora for encontrada bebendo cerveja, vinho ou uísque. 

8. Não viajar em carruagem ou automóvel com qualquer homem que não seja seu irmão ou seu pai.”

Imagina que absurdo!!!

Bjs

Nanda 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: