Avaliação do primeiro semestre das metas para 2021

30 jun

Depois de um ano tão turbulento, os nossos objetivos se tornam pequenos e bem previsíveis. No meio de uma pandemia, fica difícil imaginar viagens, festas e grandes eventos sem a tão sonhada cura para o COVID-19.

De qualquer forma, não podemos perder as esperanças. Então, por que não sonhar?

Meta de Mundo

“Desejo um mundo mais igualitário, sem diferenças abissais entre as pessoas, onde a meritocracia seja a lei, onde a política e o dinheiro não tenham tanta importância. Este é o mundo que eu desejo para os meus netos.”

Sei que meu sonho se trata de uma utopia e, consequentemente, impossível de ser alcançado mas, posso avaliar o sucesso pelos passos que conseguimos dar. Gosto de ver a regras de vacinação sendo cumpridas. Gosto de saber que os critérios de idade e prioridade estão sendo seguidos. Gosto de ver a evolução da vacinação no país e no mundo. Agradeço por ter recebido a primeira dose da vacina. Rezo para que o mesmo aconteça com todos.

Meta alcançada: 30%

Meta de Vida

“Já tive muitas metas na vida. E sou vitoriosa por ter conquistado todas elas. Já quis atingir a maioridade, tirar a carteira de motorista, me formar na carreira que escolhi, arranjar um marido apaixonado, comprar a casa própria, ter filhos, ter sucesso no trabalho, viajar…

Hoje a minha meta de vida é ter saúde, ter mais qualidade de vida, ter o convívio com a minha família, inclusive, meus pais, ver as conquistas das minhas filhas e, envelhecer bem!”

Essa é uma meta bem difícil, requer tempo e não conseguirei atingi-la em apenas um ano. Mas, cada passo conquistado é uma vitória. Toda a minha família ter vencido o Covid já foi um grande acontecimento. Agora só falta o meu pai se libertar do vírus e das sequelas dele. Estamos na torcida e com muita esperança. Estarmos com saúde é a nossa maior vitória e, por isso, vejo que estamos no caminho certo para o cumprimento da meta.

Meta alcançada: 50%

Meta Pessoal

“Bem que eu quero umas coisas bem difíceis: comer o que desejo sem engordar, viajar o mundo inteiro, não precisar trabalhar, ter o corpo perfeito sem investir e sofrer com os tratamentos estéticos. Será que eu estou querendo muito????”

Sim, sempre eu quero muito. Mas, aprendi a ser feliz com o que tenho. Não posso comer o que quero sempre mas, como aquilo que posso e quando posso. A manutenção do peso é uma regra em minha vida. Me permito engordar durante o verão e emagrecer tudo logo em seguida. A pandemia está durando muito mais do que o que esperávamos e já sinto muita falta das viagens, então me conformo com a companhia da família e o trabalho, que nos ajuda a ocupar o tempo. E sigo feliz!

Meta alcançada: 80%

Metas para o Brasil

“Lá vem o papinho de política… Eu não voto em partidos, escolho pessoas, então, gostaria que o povo escolhesse melhor seus governantes e representantes, desejo que o resultado de uma eleição seja respeitado, que nossos eleitos façam valer a confiança das pessoas, que as aparências não nos enganem, que as pessoas se importem menos com as outras e vivam mais.”

Confesso que essa polarização que vivemos hoje não melhora em nada o desenvolvimento do nosso país. Não deveríamos nos considerar direita ou esquerda. Deveríamos nos preocupar com a qualidade de vida das pessoas, de forma que o mínimo necessário fosse um direito de todos, assim como o trabalho e o acesso ao estudo. Deveríamos não nos preocupar com aqueles que acumulam riquezas desde que seja com o suor do próprio trabalho. Que sonho!

Ando muito enjoada das notícias atuais. Somos obrigados a tomar partido mesmo quando não queremos. E se eu achar pontos positivos e negativos em ambos os lados? Por que é tão difícil a aceitação das nossas escolhas?

Meta alcançada: 10%

Meta do Mimimi

“Quero que todos os “mimimis” desapareçam, que as pessoas entendam que a cor não importa, que o gênero não importa, que a sexualidade não importa. Que o que importa de verdade é a inteligência, a capacidade de resolução de problemas, a gana de crescer e conquistar metas. Desejo menos cotas e mais igualdade de oportunidades, melhores escolas para todos e menos profissionais de nível superior medíocres.”

O mundo está muito chato. Nada mais pode ser dito. As pessoas precisam medir as palavras e perder a autenticidade para não correr risco de cometer alguma gafe. O mundo está cheio de pessoas preconceituosas e armadas para a guerra.

Somos todos iguais desde o nascimento, homens e mulheres sem diferença. Alguns com mais oportunidades que outros. Porém, mesmo com as oportunidades oferecidas não há a garantia que serão abraçadas por eles. Nos resta a esperança de seguir em frente em busca das nossas conquistas.

Meta alcançada: 10%

Enfim… um planejamento diferente para um ano que tem tudo para ser diferente e está sendo diferente.

Bjs

Nanda

#nandabahia #nandabahia74 #nandabahia.com #metas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: