A TPM na minha vida

28 ago

A TPM em minha vida me deixa como se tivesse uma personalidade dupla. O humor oscila entre o amor e o ódio, entre a felicidade é a tristeza, entre a doçura e a aspereza.

Acho que deve ser muito difícil para o entendimento dos homens todo esse turbilhão de hormônios em uma mulher. É como se eu fosse várias mulheres em uma única mulher. Acordo, pela manhã, como uma princesa e vou me transformando em demônia, ao longo do dia.

O fato é que a TPM me transforma em uma pessoa mais agressiva e menos tolerante, mais sensível e carente, mais suscetível a crises de choro sem motivos específicos.

Depois, ela passa, tudo passa, e a vida volta a ser colorida como antes.

Bjs

Nanda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: