365 dias

19 jun

Sempre que surge um novo filme mais apimentado ocorre serem zum zum zum. Todos começam a falar e inicia-se uma disputa se o filme é bom ou é conversa fiada.

Como não sou dessas de só ficar escutando resolvi assistir e me encantei. Me encantei tanto que já assisti duas vezes. E, claro, resolvi ler a trilogia de livros para não ter que esperar o fim da história com os próximos filmes que ainda nem foram gravados.

O Máximo, personagem principal da história é um verdadeiro Deus Grego, capaz de encantar qualquer mulher. Tudo bem que ele não tem os métodos mais ortodoxos para fazer a coisa acontecer mas, para um chefão da máfia, ele até é bem bonzinho.

Muita gente está falando em Síndrome de Estocolmo mas, em filmes tudo é válido. A mulher é solteira, namorava um “bundão” de resolveu encarar o objetivo de frente.

Não posso dizer que o filme é um primor de obra de arte mas, cumpre seu papel quando mostra uma história um tanto quanto inusitada e instigante. Dúvida que tenha alguém que não torça pelo casal.

Mas, como spoiller, vou confessar que odiei o terceiro livro. Nada a ver com a história linda e envolvente do filme e do primeiro livro.

Bjs

Nanda

#nandabahia #nandabahia74 #nandabahia.com #365dias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: